Qualquer outra definição para explicar o que são métodos anticoncepcionais não abrangeria sua verdadeira utilidade: eles servem para evitar uma gravidez.

Não há como classificar o melhor método, pois o melhor é aquele que a mulher e seu parceiro confiam e também que não existam contra-indicações ao seu uso.

Por isso é sempre bom saber quais são os métodos existentes e procurar se adequar a algum deles - sempre acompanhado de uma orientação médica.

Existem cinco métodos:

Comportamentais ou de abstinência periódica:

São aqueles que identificam o período fértil, para se ter relações nesse período.
•    Tabelinha
•    Método de Billings ou da ovulação

Barreira:

São aqueles que não deixam os espermatozóides subirem através do colo do útero.
•    Camisinha
•    Diafragma
•    Espermicidas

Hormonais:


São aqueles que possuem substâncias que produzem algumas alterações no aparelho genital da mulher. Sua atuação é principalmente em nível de ovário, trompas, endométrio e muco.
•    Pílulas
•    Injetáveis

Intra-uterinos:


Colocação de um aparelho que fica dentro do útero.
•    DIU

Cirúrgicos:


Operações que são feitas tanto no homem quanto na mulher para interromper definitivamente a capacidade reprodutiva.
•    Vasectomia
•    Ligadura de Trompas

Referências:

Informações fornecidas pelo CEMICAMP - Centro de Pesquisas e Controle de Doenças Materno -Infantis de Campinas - Unicamp, através da Enfermeira Padrão Rosane Ferreira Garcia Prado - Serviço de Obstetricia - CAISM.

  1. O número DEVERÁ estar cadastrado no WhatsApp.
  2. Nome Completo(*)
    Entrada Inválida
  3. DDD + Telefone(*)
    Entrada Inválida
  4. Email(*)
    Entrada Inválida

Assine News

Inscreva-se para receber POR E-MAIL diariamente nossa palavra.
Nome
E-mail
Confirme E-mail


Artigos

Doe Agora

eBook - Livros!

   

Visitantes Online

Temos 239 visitantes e Nenhum membro online

Deus se importa

Se você precisa de uma palavra abençoadora para o seu coração, então clique AQUI.

Recursos

banner-monte-sinal