Índice de Artigos

COMO ORGANIZAR AS FINANÇAS PESSOAIS

Introdução

Quem nunca teve problemas financeiros? Quem nunca passou aperto por falta de dinheiro? Quem nunca se preocupou em ganhar dinheiro, pagar dívidas, comprar alguma coisa a mais?

Talvez estes não sejam seus problemas. Parabéns!

Entretanto, são problemas antigos da maioria da humanidade, pois como pecador o ser humano insiste, muitas vezes, em dirigir a sua vida baseando-se em falsos valores e não nos valores de Deus.

Há muito tempo a área financeira tem provocado inúmeros problemas: distanciamento no relacionamento conjugal, insegurança familiar, irritação, tensão, saúde afetada, mal testemunho diante do mundo, etc. Tudo isto se agrava cada vez mais em nossos dias, pois estamos vivendo a era do consumismo, do materialismo, do viver na moda, de ter “status”, ou seja, ter a vida apoiada sobre falsos valores.

Por isso, o objetivo deste estudo é: levar cada crente a adotar princípios bíblicos bem definidos para a área financeira de sua vida, visando o bom equilíbrio de cada um nesta área, de forma a comprovar na prática o seu amor a Deus e também testemunhar que Jesus é o Senhor de toda a sua vida.

“A forma como empregamos nosso dinheiro demonstra a realidade do nosso amor por Deus” (1)

Portanto, a maneira como nós ganhamos ou como nós gastamos o dinheiro e bens que Deus tem colocado em nossas mãos, mostra de forma bem real como está o nosso amor e submissão ao Senhor.

Vejamos alguns princípios da Palavra de Deus sobre FINANÇAS:

Reconheça que Deus é dono de tudo

Jó 1:21; Sl 24:1; 50:10-12; 100:3; Ag 2:8; 1 Cr 29:11-12; 1 Co 6:19-20

É Deus quem nos sustenta

Ec 5.19; 1 Tm 6:17b

Deus espera a honra

Pv 3:9

Deus tem um plano para o “nosso” dinheiro e “nossos” bens:

· Suprir nossas necessidades - Mt 6: 25-32; Fp 4:19; 1 Tm 6:8

· Sustentar sua obra no mundo - Fp 4:14-18: 1 Tm 5:17-18

· Suprir as necessidades de outros por nosso intermédio

Sl 37:21; Pv 19:17

Portanto, dependa de Deus

Mt 6:33; Fp 4:19; Hb 11:6

“Certa faculdade de estudos agrícolas fez uma pesquisa das coisas essenciais empregadas na produção de 110 alqueires de milho em meio hectare de terreno, Verificou-se que o homem contribuiu apenas com o trabalho de preparar o terreno, plantar e colhê-lo; enquanto Deus participou com muitas coisas, como por exemplo: cerca de 1.800.000 litros de água, uns 3.200 litros de oxigênio; 2.400 de carbono e 8.000 monóxido de carbono; 73 quilos de nitrogênio; 57 de potássio; 18 de fósforo; 34 de enxofre; 23 de magnésio; 23 de cálcio; 908 gramas de ferro, além de pequenas quantidades de iodo, zinco e cobre.

Cem alqueires de milho! Quem os produziu? De quem são?

Tudo pertence a Deus, contudo Ele nos entrega tudo requerendo o retorno de apenas um décimo, e ainda sobre a promessa de sobre aquele que o fizer receberá dEle bênçãos sem medida(Ml 3:10). J.P.L.”(2)

Seja bom mordomo

O Senhor Jesus enfatizou de tal forma a necessidade de sermos bons mordomos (dos bens, talentos e oportunidades) que destacou isto em pelo menos duas de Sua parábolas: a dos talentos (Mt 15:14-30), e a das minas (Lc 19:11-26).

Devemos ser excelentes despenseiros daquilo que o Senhor coloca sob os nossos cuidados (dinheiro e bens), mas é preciso alguns cuidados:

Não coloque seu coração(amor) nas riquezas

Ec 5:10; Mt 6:19-21, 13:22; 1 Tm 6:10, 17a.


Não seja avarento

Lc 12:13-21; Cl 3:5; Hb 13:5.

· “Mendigo só até morrer - O americano Irvin Abramson, 82 anos, vivia de esmolas pelas ruas de Southfield, no Missouri, usava sempre a mesma roupa e não falava com ninguém. A notícia veio na quarta 10, logo após a sua morte: Abramson possuía mais de US$ 15 milhões aplicados na Bolsa de Valores. Ele não deixou testamento e não se sabe ainda quem são os seus herdeiros.”(3)

Não levaremos nada daqui

1 Tm 6:7

· “Certo pastor foi convidado para dirigir uma cerimônia fúnebre, para o qual precisaria usar um terno escuro. Por infelicidade, não possuía tal traje e nem dispunha de dinheiro suficiente para a aquisição. Sendo assim, dirigiu-se a uma loja de roupas usadas em busca de algo apropriado. Para sua surpresa, havia um terno preto do seu número, a um preço razoável, e o que era melhor, muito bem conservado. Empolgado, imediatamente, o comprou e, enquanto pagava perguntou ao funcionário que o atendia como podiam vender uma peça tão boa a preço tão acessível. Encabulado, e esboçando um sorriso sem graça, o homem confessou que todos os ternos da loja haviam pertencido a uma agência funerária que os usava em seus “clientes”, desvestindo-os instantes antes do sepultamento. O pastor ficou em dúvida se deveria ou não adquirir tal terno tendo em vista os antigos “proprietários”, mas como ninguém descobriria a procedência de sua roupa, resolveu utilizá-lo. Tudo transcorreu bem, até que enquanto falava em meio ao ato fúnebre, distraído, procurou os bolsos da calça repetidas vezes. Após algumas tentativas, percebeu que não existiam bolsos. Esta é uma ótima e prática lição! Para onde iremos um dia, bolsos, carteiras, dinheiro e bens são totalmente desnecessários!(ênfase minha)”(4)

Trabalhe

Pv 10:4-5; 12:27; 14:23; 20:4; 22:29; 24:30-34; 30:25; Ef 4:28

Não queira enriquecer-se depressa

Pv 21:5; 23:4-5; 28:22

Fuja de negócios desonestos

Pv 15:27; 16:11; 17:23; 20;17, 23; 28:18-19, 21; Sl 37:16

· Não sacrifique: seu nome, sua consciência(At 24:16), sua família, sua Igreja, seu emprego, seus bens, etc.

Fuja de sociedade com incrédulos

2 Co 6:14 - 7:1.

Fuja de jogos de azar

Pv 28:22; Ag 2:8

Não faça dívidas

Rm 13:8 - “Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama a seu próximo tem cumprido a lei”(NVI).

· nada a ninguém - mhdeni mhden (medení meden - transliterado), aqui temos um negativo duplo; ojeilw (opheilo - transliterado) - “dever, estar em débito para com alguém”(5)

A dívida escraviza o credor e o devedor

Pv 22:7; 2 Rs 4:1, 7; 1 Co 7:21-23.

· Empreste como se estivesse dando(dinheiro, objetos, etc.)

As dívidas desgastam: emoções, tempo, relacionamento familiar, vida espiritual, etc.

Portanto, evite:

· Cartões de Crédito ou “Cartão de Dívida” como diz o Pr. Jaime Kemp - Pv 22:7

· Cheques Especiais - uso do limite.

· Crediários ou financiamentos para bens de curta duração.

· Cheques pré-datados

· Consórcios, conforme o plano.

· Ser fiador - Pv 6:1-5; 11:15; 17:18: 20:16; 22:26; 27:13a.

* “Melhor ficar vermelho de vergonha e dizer não, do que depois ficar roxo de raiva ao pagar a dívida”(K.R.K.)

· Pagar com atraso - Pv 3:28

· Dar mal testemunho (caloteiro) - Sl 37:21a; 1 Co 10:31

Assim, tenha tudo em dia: Imposto de Renda, IPVA, IPTU, INSS, ISS, Dízimos, etc.

Planeje seus gastos fazendo orçamento

Pv 19:1-2; Lc 14:28-30

Resolva viver de forma equilibrada

Pv 30:8-9; Fp 4:10-12

Adquira as coisas básicas primeiro

l Tm 6:7-8

Não gaste mais do que você ganha

Pv 18:9; 21:20

· Cuidado com os “vendedores”

· Cuidado com as “liquidações” - Pv 31:16a

· não compre o que você não precisa - Conta-se que um missionário entre os índios ao sair de um Shopping Center, disse: “Nunca tinha visto junto tanta coisa que eu não preciso.”

· observe bem a qualidade do produto - lembre-se do pastor que comprou o terno sem bolsos.

· Cuidado com as propagandas - Pv 20:14

· Cuidado com a inveja - Pv 16:19; 28:22

· Faça lista de compras - “Já está provado que gastaremos de 20 a 30% menos, se tivermos uma lista escrita e obedecermos a ela.”(6)

· Evite comprar gêneros alimentícios quando você estiver com fome, como por exemplo, antes do almoço ou do jantar.

“O comprar em demasia pode ser uma demonstração de nosso amor pelas coisas e uma prova de falta de amor a Deus”(7)


Economize

Pv 21:20

· Poupe sempre, mesmo que seja pouco - Caderneta de Poupança, outros.

· Ajuda nas emergências - Ec 9:2

· Procure você mesmo fazer: pequenos consertos, jardinagens, lavagem do carro, apagar as lâmpadas desnecessárias, fechar bem as torneiras (as duas últimas uma intensa luta diária dos pais), etc.

· Avalie quando vale a pena fazer seguros de vida, do carro, da casa, etc.

Contribua com fidelidade

Pv 11:24-26; At 20:35

Por que?

· comprova a Graça que Deus nos dá - 2 Co 8:1

· demonstra o Senhorio de Cristo em nossas vidas - 2 Co 8:5

· honra a Deus - Fp 4:18

Como?

· com amor - Lc 21:1-4

· com sacrifício - 2 Sm 24:24: Lc 21:1-4; 2 Co 8:2

· com alegria - 2 Co 8:2; 9:7

· voluntariamente - Ex 25:2; 2 Co 8:3

· prontamente - 2 Co 8:11

· de boa vontade - 2 Co 8:19-20

Quando?

· periodicamente - 1 Co 16:2 - deve estar separado

· sempre que houver necessidade - Fp 4:10, 15-16; Rm 12:13

Com quanto?

· conforme a prosperidade de cada um - 1 Co 16:2

· não existe uma taxa fixa no NT - 2 Co 8:3 e 9:7

· pode-se começar com o dízimo(10%) - Gn 14:20; Ml 3:10; Mt 23:23

· pode-se dar tudo - Mc 12:41-44 (viúva pobre); At 4:36-37 (Barnabé).

Para quem?

· Sua Igreja Local - Tenho defendido que a Igreja Local deve ter a prioridade tanto nos dízimos quanto nas ofertas dos seus membros, pois é a Igreja que tem a responsabilidade direta do:

Ø sustento dos obreiros - Lc 10:7; 1 Co 9:13-14; Gl 6:6, 10; 1 Tm 5:17-18.

Como Igreja temos a responsabilidade de sustentarmos condignamente os nossos obreiros e investirmos seriamente na expansão da obra missionária. Por isto faço o seguinte alerta:

· Seja prudente com as suas ofertas extra “Igreja Local”, tomando cuidado com os apelos “persuasivos” e os relatórios “emocionais”. Infelizmente, existem os mercadejantes da Palavra de Deus que transformaram a Grande Comissão em “Ide por todo mundo e tirai fotografia”, dispostos a usarem o nome de Deus em prol de uma obra pessoal e sem nenhum zelo pela obra de Deus.

· Tenha critério para contribuir com os outros obreiros que não sejam sua própria Igreja.

Roger Fleming, sugere as seguintes perguntas(8)

1) Tais grupos (ou pessoas) estão servindo o interesse do reino de Deus? - acréscimo meu.

2) Conheço a declaração de fé por eles proferida e encontra-se de acordo com a da minha Igreja?

3) São confiáveis no que diz respeito a aplicar os recursos financeiros?

4) Estão aplicando o dinheiro de forma coerente com os alvos propostos?

5) Qual o meu conhecimento a respeito do caráter das pessoas pertencentes a tais organizações?

Ø auxílio aos pobres - Dt 15:7-8; Pv 14:31; 19:17; 21:13; Lc 14:13-14; Gl 2:20; Tg 2:15-16; 1 Tm 5:8; 1 Jo 3:17.

A Igreja também tem a grande responsabilidade e o enorme privilégio de realizar uma expressiva obra social neste mundo (At 6:1-3). Sim, a prioridade é dos “domésticos da fé” (Gl 6:9-10), mas isto não exclui os demais necessitados.

É responsabilidade de quem?

· É responsabilidade de todos os salvos - 1 Co 16:2

· “Quando não entregamos para Deus, Satanás toma.”(Diva A. de Oliveira)


Conclusão

“David Livingstone afirmou: Não darei valor a qualquer coisa que possua, a não ser à luz do relacionamento com o reino de Deus. Utilizarei tudo o que possuir para promover a glória Daquele a quem devo toda minha esperança no tempo e na eternidade”(9)

A área financeira de nossas vidas também deve glorificar a Deus.

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.”(Pv 3:5-6)

Diante dos princípios bíblicos aqui apresentados:

Faça uma avaliação financeira hoje. Verifique como você está ganhando e gastando os recursos.

Estabeleça alvos específicos nesta área.

Elabore um orçamento, mesmo que seja algo bem simples. Na próxima página há um modelo de orçamento para lhe ajudar.

Entregue sua vida financeira nas mãos de Deus com o propósito de só depender dEle.

Tenho dito periodicamente à Igreja onde trabalho:

“O melhor investimento que existe é: investir em vidas, pois vidas são eternas.”

Portanto, convido-o a fazer investimentos eternos!

Que Deus o abençoe!

Bibliografia

Livros

Bíblia Anotada. Edição Revista e Atualizada. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 199l

Bíblia Sagrada. Edição Revista e Corrigida. S/local: Editora Vida, s/data.

Coy, Larry. Curso Conflitos da Vida. s/local, data e editora(págs. 223-229).

Kemp, Jaime. Antes de Dizer Sim. São Paulo: Associação Religiosa Editora Mundo Cristão, 1984 (págs. 99-106)

Kemp, Jaime. Sua Família pode ser melhor. 6ª edição. São Paulo: Editora Sepal, 1988 (págs. 113-124)

LaHaye, Tim e Beverly. Vida Familiar Controlada Pelo Espírito Santo. Traduzido por Myriam Talitha Lins. 1ª ed. Venda Nova, MG: Editora Betânia S/C, 1982 (págs. 158-17l)

 

Periódico

Fleming, Roger; Kemp, Jaime; Veloso, Ary; outros “Finanças” Lar Cristão (vol. 2, n.º 07) São Paulo: Editora Sepal.

 

Material Não-Publicado

Autor não citado, “Finanças” Apostila fotocopiada do ministério de “Vivenda” da Organização Palavra da Vida, sem data e local, 9 págs.

Texto revisado em 03/05/2009 por S.F.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

1 Charles C. Ryrie, “Equilibrio en la Vida Cristiana”, pág. 90, tradução pessoal da frase.

2 Calendário Luz e Vida, 09 a 15/04/95.

3 Revista ISTOÉ/1385 - 17/04/96, pág. 17.

4 Revista Lar Cristão - Volume 2 - n.º 7 - Artigo “Até Que a Dívida Nos Separe”, Jaime Kemp, págs. 8 e 9.

5 Chave Lingüística do Novo Testamento Grego, Fritz Reinecker / Cleon Rogers, Sociedade Religiosa Edições Vida Nova, 1985, pág. 278.

6 Revista Lar Cristão - Volume 2 - N.º 7 - Artigo “É Realmente Necessário?”, Beatriz Gotardelo Fraga Moreira, pág. 17.

7 Charles C. Ryrie, “Equilibrio en la Vida Cristiana”, pág. 99, tradução pessoal da frase.

8 Revista Lar Cristão - Volume 2 - N.º 7 - Artigo “O Poder Do Dinheiro”, Roger Fleming, pág. 12.

9 Idem, pág. 11.

 

Pr. Ednilson Farto Batista - Primeira Igreja Batista de Ribeirão Preto(SP)

 

Receba mensagens WhatsApp

  1. O número DEVERÁ estar cadastrado no WhatsApp e ADICIONAR EU SEU APARELHO.
  2. Nome Completo(*)
    Entrada Inválida
  3. DDD + Telefone(*)
    Entrada Inválida
  4. Email(*)
    Entrada Inválida

Artigos

eBook - Livros!

   

Doe Agora

Deus se importa

Se você precisa de uma palavra abençoadora para o seu coração, então clique AQUI.

Visitantes Online

Temos 306 visitantes e Nenhum membro online

Recursos

MonteSinai